Artigos

Parmênides e Frege: um breve estudo sobre as relações entre o poema Sobre a Natureza e as Investigações LógicasTexto que aprofunda a interpretação do poema de Parmênides proposta anteriormente por meio de uma comparação com alguns aspectos do pensamento de Frege.  Publicado no número 127, volume 54 de Kriterion, Revista de Filosofia, p. 7-24, 2013.

Raízes do proto-ceticismo em De Vetera Medicina. Breve exame deste tratado, que registra a prática da medicina antiga e que foi integrado ao Corpus Hipocraticum. Tentamos mostrar que nele se encontram já formulados alguns problemas, métodos e critérios que exercerão importantes papéis na argumentação cética. Em outros termos, esperamos mostrar que o modo de reflexão dos antigos céticos, desde as suas raízes mais remotas, retomam e desenvolvem certa atitude epistemológica comum às mais diversas práticas sociais. Publicado na Revista Estudos Hum(e)anos, n. 5, p. 38-49

Quando os números mentem: porque não devemos ser otimistas com os supostos ‘avanços’ da rede pública estadual. Análise crítica da política de educação pública implantada na rede estadual do Rio de Janeiro. Procuramos mostrar que, mediante manipulações e abusos de conceitos matemáticos, ela transmite à sociedade uma visão completamente distorcida do que se passa na rede pública estadual. Publicado no Breviário de Filosofia Pública, ISSN 2236-420X, número 73, p. 244-258, 2012.

Subsídios para a compreensão da desigualdade social e cultural entre homens e mulheres. Este artigo tem como proposta compreender, a partir de uma investigação filosófica, as raízes profundas da desigualdade entre homens e mulheres. A reflexão é fruto do tratamento  do tema junto a alunos do Ensino Médio. Foi publicado na Revista Estudos Hum(e)anos, ISSN 2177-1006, n. 3 , 2011.

Para ler a Poética de Aristóteles  – Este texto tem como principal finalidade relacionar o texto de Aristóteles com o horizonte cultural do qual ele emerge, salientando principalmente as influências da oralidade envolvida nas composições e nas apresentações das tragédias, influências que devem ser levadas em conta na leitura da Poética. Foi publicado no Breviário de Filosofia Pública, ISSN: 2236-420X, número 32, 10/11.

Platão, o último pré-socrático – O objetivo deste artigo é reunir subsídios para a elucidação da ontologia platônica, em especial a ontologia apresentada nos diálogos de última fase. Para isto, tento destacar semelhanças estruturais entre a ontologia platônica e a pré-socrática. Publicado na revista Vértices, ISSN: 1415-2843, Vol. 12, n. 2,  Julho-Dezembro 2010, p. 19-28.

Sugestões para a interpretação do poema de Parmênides – Como o próprio título já indica, o objetivo deste artigo é oferecer uma sugestão para uma nova interpretação do poema de Parmênides. Publicado na revista Síntese – Revista de Filosofia , ISSN: 0103-4332, v. 36, n. 115, Maio-Agosto de 2009, p. 197-218.

Sobre a leitura platônica de Parmênides de Eléia no Sofista – Este artigo examina uma passagem do diálogo Sofista. O objetivo é determinar qual é a interpretação platônica de Parmênides de Eléia subjascente aos usos de argumentos supostamente parmenídicos expostos no diálogo. Publicado em Analógos, ISSN 1678-3468, n. IX, 2009, p. 235-243.

Sobre alguns empregos do verbo grego ser no Sofista de Platão – O objetivo deste texto é avaliar a interpretação segundo a qual Platão, no diálogo Sofista, realiza uma distinção entre os diversos usos do verbo grego ser. Publicado em O Que nos Faz Pensar, ISSN 0104-6675, n. 24, p. 47-58, Outubro de 2008, p. 47-58.

Breve comentário à via da opinião do poema de Parmênides – A proposta deste pequeno artigo é oferecer um breve diagnóstico do problema subjascente à via da opinião que levou Parmênides de Eléia a rejeitá-la. Publicado em ALTER (Boletim da Pós-Graduação em Filosofia da PUC-Rio), ISSN: 1519-1893, n. 10, p. 4.

Sobre a noção de imagem e de discurso falso em vista de suas relações com o verbo grego ‘ser’ na parte central do Sofista de Platão – Neste artigo procuro relacionar o problema da impossibilidade das noções de imagem e de discurso falso com a suposta ambiguidade de usos do verbo grego ‘ser’. Publicado em Analógos (Anais da semana dos alunos de Pós-Graduação em Filosofia da PUC-Rio), ISSN 1678-3468, v. VIII, p. 189-199, 2008.

Nota sobre alguns heptassílabos de João Cabral de Melo Neto em Quaderna – O objetivo deste artigo é analisar alguns aspectos fonéticos da poesia de João Cabral de Melo Neto em seu livro Quaderna. Publicado na revista Philologus, ISSN: 1519-1893, Ano 14, n. 41, 2008, ISSN: 1413-6457, p. 56-61.

Dois usos de ‘nada’ na Filosofia Antiga – Pequeno artigo no qual tento oferecer uma alternativa de leitura para o termo ‘nada’ que não depende de um vínculo explícito com a noção de negação de existência. Este artigo foi publicado em ALTER (Boletim da Pós-Graduação em Filosofia da PUC-Rio), ISSN: 1519-1893, n. 8 p. 5-7.